28 de setembro de 2016

E o DPEM? Que fim levou?

Você sabia que há exatos seis meses a única seguradora que emitia o DPEM (seguro obrigatório de Danos Pessoais para EMbarcações) deixou de emiti-lo? Por esta razão, até o momento, aproximadamente metade das embarcações do Brasil deixou de contar com esse seguro que tem também uma importante função social.

Ironicamente o DPEM é agora um seguro obrigatório temporariamente "não obrigatório"



Notem o absurdo da situação:

1- Temos um seguro obrigatório impossível de ser contratado (nehuma seguradora se dispõe a emiti-lo).
2- A medida provisória editada dia 29/03/2016 resolve da seguinte forma: O seguro obrigatório "não é obrigatório temporariamente", porém as autoridades em muitos casos não foram informadas disso e há várias embarcações sendo multadas e até apreendidas.
3- Qualquer sinistro que ocorra a partir de 01/04/2016 e cujo o DPEM esteja vencido  ou não tenha sido contratado anteriormente não terá qualquer tipo de indenização.

Este é um retrato da situação atual do Brasil.

O que os agentes do mercado de seguros tem a dizer sobre isso?

Com a palavra a SUSEP - Superintendência de Seguros Privados, FENASEG a FENACOR e os SINCORs...