24 de abril de 2008

Lanche, classificados, bicicleta e motorista

Fonte: Gazeta Mercantil - Data: 24/04/2008

As seguradoras apostam nos serviços para atrair um número maior de segurados para a carteira de automóvel. Atualmente, da frota de veículos nacional de 49,6 milhões, apenas 8,5 milhões contam com seguro, um índice de 17%. Vale tudo: lanche para esperar o guincho; mensagem via celular para avisar que o filho ultrapassou o limite de velocidade; pagamento em até cinco dias úteis após a entrega dos documentos ou o dinheiro de volta; motorista para levar o condutor para casa em caso de mal súbito; encanador para arrumar um vazamento na casa; desconto nas consultas do animal de estimação; sorteios mensais pela loteria federal.A Porto Seguro, líder de vendas, e a SulAmérica, terceira maior, lançaram a moda "vá de bike". Os bicicletários da Porto se concentram em São Paulo e os da SulAmérica no Rio de Janeiro. Na semana passada, a Porto lançou mais uma novidade: "Classificados Porto Seguro.Trata-se de um site (www.classificadosportoseguro.com.br) desenvolvido especificamente para anúncios de veículos particulares, de clientes ou não da empresa. Entre os diferenciais está o serviço de agendamento, que consiste no uso dos postos da Porto Seguro como ponto de encontro para comprador conhecer o veículo/vendedor e vice-versa."Muitas pessoas evitam anunciar em classificados preocupados com o risco de receberem falsos compradores, que podem aproveitar da ocasião do anúncio para roubar o carro ou mesmo a residência do proprietário do veículo. Com o Serviço de Agendamento oferecido esse risco deixa de existir, já que comprador e vendedor poderão realizar o negócio em um ambiente seguro", diz Rafael Caetano, gerente de canais eletrônicos e marketing direto da Porto Seguro. Outro destaque do Classificados Porto Seguro é a possibilidade do cliente saber as condições do veículo que pretende adquirir utilizando o serviço de Vistoria Prévia da seguradora, no mesmo local onde agendou o encontro. "Como muitas pessoas ficam receosas em fechar um negócio por não conhecer as condições estruturais do veículo, optamos em oferecer um serviço para que o interessado tenha condições de optar pela compra ou não do automóvel já no primeiro encontro", afirma Rafael