25 de agosto de 2005

Saiba como funciona o seguro em carro alienado

Fonte: GAZETA DO POVO Data: 25/08/2005

Ter um seguro de automóvel sempre gerou uma certa tranqüilidade ao proprietário, diante da possibilidade de ver o carro roubado ou batido. Mas em alguns casos, principalmente se o veículo ainda não estiver totalmente pago, é preciso entender como funciona a regra para as apólices nessa situação.

Clique no banner para conhecer o seguro AutoFácil

Quando os automóveis não são financiados, a relação se limita a seguradora e cliente. Em caso contrário, a negociação para o ressarcimento de um sinistro ganha um novo personagem: o agente financeiro.

Por exemplo, se ocorre um sinistro de um veículo quitado, a indenização é efetuada ao proprietário. Mas se a última prestação do carro não estiver paga, o carro ainda não é de quem saiu da loja com ele. Neste caso, o pagamento é efetuado em dois momentos: a parte financiada, ou seja, o saldo devedor gera a emissão de um cheque para quitação do débito junto à instituição financeira, depois de receber o termo de quitação da dívida, a seguradora paga o valor remanescente que consta na apólice ao segurado.

Um exemplo: o segurado pagou cinco de 36 parcelas, ou seja, ainda deve 31 cotas, e o carro vale R$ 15 mil. Então a seguradora checa com a financeira o que falta para quitar, porque afinal, existem juros embutidos nessas mensalidades a vencer. Se forem R$ 12 mil pendentes, a companhia paga o banco e a pessoa fica com os R$ 3 mil de diferença. `O fato é que a indenização é paga ao credor da garantia até o limite de crédito, só o restante será destinado ao cliente. O segurado poderá quitar sua dívida diretamente com a financeira ou solicitar que a seguradora emita cheque com o valor correspondente ao saldo devedor. Ou seja, a negociação é praticamente inevitável, pois o financiamento está no nome do proprietário, não no da seguradora.

Nesses casos de sinistros com veículos financiados, recomenda-se que o consumidor negocie com o banco ou a financeira, porque de acordo com a lei, quem fez o financiamento é obrigado a eliminar 100% dos juros embutidos nas parcelas a vencer. Já quando o automóvel é adquirido por meio de leasing, a indenização é efetuada em nome da empresa que o realizou, que ainda é a proprietária do veículo. Cabe ao segurado acertar os detalhes do saldo devedor e ou inclusão de novo veículo no acordo.

Outras dúvidas? Clique aqui.

110 comentários:

  1. Anônimo5:39 PM

    Alguem pode tirar minhas duvidas eu comprei uma zafira pelo plano taxi insento ja paguei 6 parsela ela tem seguro total e eu cai dentro de um buraco de água alagou todo o carro a água subio até o meio do carro se for perda total como e o procedimento eu vou perder o meu carro ou não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Seguro sempre vai quitar o financiamento. Se houver sobra, o restante é pago ao segurado.

      Excluir
  2. Tenho uma dúvida.

    A financeira é obrigada a tirar 100% dos juros da parcela restante?

    Por exemplo:

    se eu compro um carro e ponho seguro, ao sair da loja ele é roubado. A financeira deve tirar os juros de todas as parcelas, assim a seguradora pagaria somente o valor correspondente ao carro(valor fipe)? Ou a seguradora pagaria o valor fipe a financeira e eu arcaria com o restante? Pagando assim os juros referentes.

    Att,

    Alex.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A seguradora vai solicitar uma carta de saldo devedor para a financeira e quitar o financiamento, se houver sobra o valor será restante será pago ao segurado. Se o valor segurado (FIPE) nao for o suficiente para quitar o financiamento, o cliente e responsável pela diferença.

      Excluir
  3. Tenho um veiculo financiado envolvido em um sinistro que caracterizou em perda total, o valor do carro (tabela fipe) é de 15 mil. O valor de quitação do financiamento é de 20 mil, ficando assim uma divida de 5 mil reais pendente. O seguro é obrigado a quitar o financiamento, ou seja os 20 mil reais, ou eu vou ter que pagar os 5 mil reais que restam?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como informado nas outras respostas: A seguradora vai solicitar uma carta de saldo devedor para a financeira e quitar o financiamento, se houver sobra o valor será restante será pago ao segurado. Se o valor segurado (FIPE) nao for o suficiente para quitar o financiamento, o cliente e responsável pela diferença.

      Excluir
  4. Anônimo9:01 PM

    Mais o valor das parcelas pagas anteriormente no meu caso 36 já foram pagas e restam 36 o valor pago fipe 22.500,00 porém o banco ainda esta me cobrando 2.000,00 de diferença . Como proceder..?????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja que o seguro é do veiculo. A seguradora só é responsável pelo valor do mesmo e não pelo financiamento.

      Excluir
  5. Anônimo11:25 AM

    Senhores, bom dia. Meu carro foi roubado e ele tem financiamento pelo leasing no valor total de 60.000,00 e já paguei 30.000 e carro hoje vale 28.750,00 e para quitação na data de hoje do veículo seria de 24.000,00 junto a financeira.
    A seguradora disse que eu terei que passar o veiculo para o nome deles.
    Mas os 30.000,00 que eu paguei, eu não recebo nada? A seguradora quita o carro junto a financeira e eu fico sem dinheiro e sem carro? E ainda tenho que passar o carro para nome deles?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo4:19 PM

      Vamos por partes. Não importa os 30 mil que vc já pagou, é praticamente tudo juros + desvalorização. O importante é quanto o carro vale x valor de quitação. No seu caso o carro vale 28.750 e a quitação fica em 24.000, então a diferença de 4.750 é sua.

      Funciona da seguinte forma: A seguradora "compra" o carro da financeira (não de você, era leasing lembra? tecnicamente esse carro é do banco), pagando ao banco o valor contratado (FIPE). O banco por sua vez quita o débito e te devolve a diferença FIPE x Quitação se houver.

      Excluir
  6. É preciso ter em mente que o seguro é do veículo e não do financiamento. A seguradora sempre indenizará o valor do veículo, independente do financiamento. Faz parte do contrato do seguro que em caso de perda total (seja por roubo ou acidente) o véiculo será transferido para a seguradora. Em caso financiamento, a seguradora deverá quitar o valor do financiamento para que o veiculo seja transferido, caso haja saldo o cliente receberá o restante, se houver ainda valores a pagar o valor é responsabilidade de quem fez o financiamento, no caso o segurado.

    ResponderExcluir
  7. Anônimo5:09 PM

    Mas o valor que eu já paguei do financiamento, ou seja, os 30.000,00 eu não recebo nada?
    Eles quitam meu carro com o financeira e eu tenho que comprar outro carro e iniciar um outro financiamento?

    ResponderExcluir
  8. É como dissemos antes. A seguradora só é responsável pelo valor do carro e ela não tem nada a ver com o financiamento. Veja junto a financeira se é possível a substituição do bem. Dependendo do tipo de financiamento é a melhor solução.

    ResponderExcluir
  9. Só completando e mostrando outro ângulo. Se não houvesse o seguro, além de estar sem o veículo ainda estaria devendo o restante à financeira (mesmo sem o veículo a dívida continua existindo).

    ResponderExcluir
  10. Anônimo5:29 PM

    Isto é verdade...mas é muito dificil, porque infelizmente foi um investimento perdido, afinal de contas são 30.000,00. Mas no Brasil é assim, vagabundo sempre que leva a melhor!
    Outra duvida: meu seguro pediu 30 a 60 dias UTEIS ( 3 meses) para o reebolso, segundo eles eu deverei continuar pagando as prestações que eles irão me reebolsar pelo valor das prestações que eu paguei durante este período. Eu posso confiar?

    ResponderExcluir
  11. Depois que o segurado entregar toda a documentação solicitada, a seguradora tem 30 dias para fazer a indenização. Não é normal e nem correto a seguradora solicitar até 60 dias úteis para realizar a indenização.

    ResponderExcluir
  12. Anônimo10:14 AM

    Muito obrigada pela informação. Quando der 30 dias corridos e eu não obter retorno do reembolso eu posso procurar o Procon?

    ResponderExcluir
  13. A partir do momento em que todos os documentos solicitados para liquidação do sinistro tenham sido recebidos pela seguradora a liquidação deve ocorrer em até 30 dias. Se não ocorrer você pode e deve fazer prevalecer seus direitos.
    Obs.: Faça sempre seu seguro com um corretor de seguros habilitado. Ele é o profissional que tem a obrigação de lhe informar sobre todos esses procedimentos antes da contração da apólice e acompanhar e lhe assessorar na hora do sinistro.

    ResponderExcluir
  14. Anônimo11:53 AM

    Este que é o problema, meu seguro é de cooperativa, se chama UNIPROPAS. No contrato por mim assinado, não consta a data do reembolso. A documentação solicitada já foi entregue no dia 04/04/2013.

    ResponderExcluir
  15. Então nada do que foi dito tem validade. Se é apenas um contrato com uma cooperativa sem nenhuma apólice emitida por uma seguradora, você nao está garantido pelas regras da SUSEP. Infelizmente você está a merce de um contrato particular que provavelmente opera de forma ilegal (a prática de venda de seguros por cooperativas é proibida por lei).

    ResponderExcluir
  16. Anônimo12:31 PM

    Nossa...mas na epoca foi o unico que eu podia pagar. Esse cooperativa tem site, central de atendimento e sede espalhada em todo o Brasil. Agora eles fizeram uma parceria com a Generali Brasil Seguros...Bom...vou torcer para eu não tenha muitos problemas.

    ResponderExcluir
  17. Anônimo5:32 PM

    Tem 28 dias que o meu carro foi furtado e ele é financiado e para haver a quitação junto a financeira eu tenho que passar o carro para o nome da seguradora. E depois do reembolso se o carro for encontrado ele ficará para a seguradora?

    Obrigado,
    Sergio.

    ResponderExcluir
  18. Sim. Após a liquidação do sinistro, se o veículo for encontrado pertence a seguradora.

    ResponderExcluir
  19. Anônimo1:43 AM

    Adiquiri uma moto 0km, no valor de 10.600,00 (valor da nota) dei 4 mil de entrada e financiei o restante em 36x, portanto está alienada ao banco, caso aconteça um sinistro e a seguradora quitar a divida com o banco, como fica os 4 mil que eu dei de entrada ?

    ResponderExcluir
  20. O seguro é do veículo e não do financiamento. A seguradora vai pedir uma carta de saldo devedor e quitar o financiamento até o valor do veículo. Se houver sobra, ela será paga ao segurado. Se o valor do veículo nao for suficiente para quitar o financiamento, a diferença é de responsabilidade do segurado. Tenha em mente que o seguro é do véiculo e não do financiamento.

    ResponderExcluir
  21. ola, eu sou o terceiro em uma colisao e a seguradora do culpado pelo sinistro deu meu carro como perda total , porem meu carro é financiado , faltam 18 meses de 60, se a seguradora pagar para a financiadora e me der o remanescente eu ficarei com 4,000.00 e sem o carro? entao fui lesado duas vezes , bateram em meu carro e eu ainda fica sem carro? nao to pedindo pra ninguem pagar minha divida quero é meu carro , como devo proceder?

    ResponderExcluir
  22. ola, eu sou o terceiro em uma colisao e a seguradora do culpado pelo sinistro deu meu carro como perda total , porem meu carro é financiado , faltam 18 meses de 60, se a seguradora pagar para a financiadora e me der o remanescente eu ficarei com 4,000.00 e sem o carro? entao fui lesado duas vezes , bateram em meu carro e eu ainda fica sem carro? nao to pedindo pra ninguem pagar minha divida quero é meu carro , como devo proceder?

    ResponderExcluir
  23. por favor me esclareçam, tenho um carro que foi vitima de um sinistro enquanto estacionado ok a pessoa vai pagar mas a porto seguro seguradora da pessoa culpada deu meu carro como PT, mas meu carro é financiado em 60 e faltam 18 ,como devo proceder , nao quero quitar a divida quero é meu carro novo ou arrumado.

    ResponderExcluir
  24. Anônimo3:53 PM

    Quando fiz vistoria para aderir o seguro, meu carro tinha roda de liga leve aro 17. Eu posso cobra-las do seguro?

    Hoje transferi o carro para a seguradora, eu tenho que tomar alguma precaução?

    Obrigado,
    Sergio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acessórios nao originais do veículos devem ter seguro a parte. Portanto a princípio nao ha como cobrar do seguro.

      Excluir
  25. Anônimo5:12 PM

    Hoje transferi o carro para a seguradora, eu tenho que tomar alguma precaução?

    Obrigado,
    Sergio

    ResponderExcluir
  26. Anônimo4:45 PM

    Quando meu carro foi roubado ele tinha rastreador, quando eu liguei para o seguro eles disseram que o rastreador estava desativado, eu posso processar o seguro por isto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende. A indenização foi negada? De quem era o rastreador? Quem era responsável pelo pagamento do serviço de monitoramento?

      Leia mais: http://lumaseguros.blogspot.com/2005/08/saiba-como-funciona-o-seguro-em-carro.html#ixzz2SAgP6k9e

      Excluir
    2. Anônimo9:41 AM

      O rastreador era do seguro, eles que solicitaram a colocação do rastreador. Eu não paguei nada para coloca-lo e nem foi acrescido no valor do seguro.

      Excluir
    3. Anônimo9:44 AM

      Vocês falaram anteriormente que em caso de veiculo financiado e roubado, poderia haver uma negociação com a financeira para se possível a restituição de um outro veículo. Eu liguei para a financeira e eles disseram que é a seguradora que deve me dar essa opção que se chama SUBSTITUIÇÃO DE GARANTIA. Essa informação que eles me deram confere?

      Obrigado,

      Sergio.

      Excluir
    4. Funciona assim. O Segurado apresenta outro veículo para substituir o bem do financiamento, a partir daí baixa-se o gravame do veículo sinistrado e somente então a seguradora fará a indenização, aí sim ao segurado. A seguradora somente é reponsável por fazer a indenização após a baixa do gravame. Como dito anteriormente a seguradora não tem nenhuma interferencia nem respnsabilidade sobre o financiamento. Se o seu seguro foi feito com um corretor habilitado de seguro, este profissional pode (e deve) lhe orientar como todo esse processo funciona.

      Excluir
    5. Quanto ao rastreador, se a seguradora fez a indenização conforme o contrato de seguro, em nosso opnião, não há o que reclamar quando ao rastreador não funcionar visto que a instalação do rastreador foi feita para minimizar o risco da própria seguradora e não do segurado.

      Excluir
  27. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  28. Olá tenho um celta 2012\2013 comecei a pagar em outubro de 2012 as parcelas de 460,00 dei 6.000,00 de entrada porém hoje dia 14 de maio ele foi furtado , como funciona o pagamento do seguro ...o meu financiamento é aquele tipo que pagando de traz para frente ele tira o juros.Estou desesperada não sei o que fazer???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O seguro é do veículo e nao do financiamento. A responsabilidade de pagamento do financiamento é do segurado. (Veja respostas anteriores)

      Excluir
  29. Anônimo3:12 PM

    Meu carro foi encontrado com avarias. Como eu disse anteriormente ele tem rodas de liga 17 e quem furtou meu veiculo não vendeu as rodas, mas vendeu meus pneus que estavam novos e colocou um “careca” no lugar dos meus. O seguro me reembolsa esses pneus?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É necessário verificar em seu contrato de seguro. Mas a seguradora pode querer indenicar depreciando o valor dos pneus (pneus usados).

      Excluir
  30. Anônimo3:13 PM

    Quando meu veiculo é encontrado com avarias eu tenho que pagar a franquia dele?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perdas parciais, mesmo que em decorrência do roubo, estão sujeitas a cobrança de franquia.

      Excluir
  31. Amigo minha duvida e diferente e aguardo respostas , meu veiculo foi feito um CONSORCIO na DISAL VW ... eu paguei 36 parcelas faltam 31 parcelas . meu veiculo era um VW golf 2012 eu tive o veiculo roubado meu carro tem seguro ITAU SEGUROS , e gostaria de saber se como consorcio eu ja avia feito uma vez a SUBSTITUICAO DO BEM , e dessa vez que foi roubado eu gostaria de fazer a SUBISTITUICAO DO BEM invez de me devolverem o dinheiro ou o seguro quitar oqe falta , eu consigo a subisttuicao do bem ?

    ResponderExcluir
  32. Anônimo3:46 PM

    Eu dei entrada no meu seguro dia 11/04/2013 por motivo de roubo, e meu veículo foi localizado dia 06/05/2013 em uma cidade a 250km de Belo Horizonte. Eu fui até essa cidade para fazer a retirada do veiculo junto ao pátio do Detran e acabei ficando na cidade por 3 dias, por motivos de procedimentos burocráticos. Tive vários gastos, com hotel, transporte, alimentação, reboque ( pois meu seguro só cobre 200km) e ainda tive que pagar o pátio da cidade para retirada do veículo.
    Bom, dei a entrada junto ao seguro com o laudo de avarias e boletim de localização do veículo no dia 10/05 e atendente me disse que iria encaminhar a documentação para o setor responsável no dia 13/05. Moral da historia, eu pago meu seguro mensal, e eles estão alegando que eu atrasei no pagamento do boleto do mês de maio, pois eu fiz o pagamento deste boleto no dia 21/05, pois eu estava sem dinheiro devido aos gastos que tive na retirada do veiculo. Mas eu levei a documentação dia 10 e meu boleto venceu no dia 10 ( e no contrato fala se atrasar perde a proteção do veiculo). No meu caso, meu sinistro não deveria estar com a data do dia 11/04? Ou quando eu levei o boletim de veiculo localizado ( com data do dia 07/05 ) teve o cancelamento do sinistro de roubo e se iniciou o de veiculo recuperado com avarias.

    ResponderExcluir
  33. Ola eo seguinte eu capotei o meu carro deu perca total o carro ta parcelado em 60 vezes e falta so 38 de 395,89 eu tenho seguro total do carro eo preço dele no ipv e de 22.750,00 falta pra pagar 15.100,00

    e como ficou eu devo continuar pagando o carro ou o seguro vai quitar o veiculo ?

    ResponderExcluir
  34. ola e o seguinte eu capotei o meu carro e estou devendo 38 parcelas de 398,89 eo meu veiculo esta avaliado em 22,700.ele tem seguro total
    eu tenho que pagar essa parcelas pra receber o seguro ou não? como funciona

    ResponderExcluir
  35. A Seguradora é reponsável apenas pelo valor do véiculo e não do financiamento. Primeiro a seguradora solicirá uma carta de saldo devedor. Quitará a financeira para baixar o gravame. Só então o valor restante será pago ao segurado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. no meu caso o carro deu PT perca total. eles vão quitar a divida eo restante da divida eles vão pagar para o segurado que é pra mim isso. mais e as parcelas q eu ja paguei e tudo eu vou perder isso ? desculpa eu errei na postagem estou devendo 28 parcelas de 428.00 reais.

      Excluir
  36. Como nas respostas anteriores. A Seguradora é responsável somente pelo valor do veículo. A responsabilidade do financiamento é do segurado.

    ResponderExcluir
  37. Meu carro é financiado e nem comecei a pagar ainda as prestações. Tive perda total do carro, mas meu seguro vai indenizar 100%. Vi em outros foruns que é possivel eu negociar com a financeira a "substituição da garantia" ou seja pegar outro carro negociando outro financiamento ou quitação do mesmo em vigencia? É possível isso?

    ResponderExcluir
  38. Meu carro é financiado e nem comecei a pagar ainda as prestações. Tive perda total do carro, mas meu seguro vai indenizar 100%. Vi em outros foruns que é possivel eu negociar com a financeira a "substituição da garantia" ou seja pegar outro carro negociando outro financiamento ou quitação do mesmo em vigencia? É possível isso?

    ResponderExcluir
  39. Tenho carro financiado e tive uma colisão com perda total, tenho seguro e eles vão indenizar o valor em 100%. Porém nem cheguei a pagar a primeira parcela para a financeira. Vi em alguns foruns que é possível fazer a "substituição da garantia" ou seja negociar o financiamento de outro carro no mesmo valor que vou ser indenizado pelo seguro! Me parece também que tem a quitação da divida? É possível isso? alguém pode me esclarecer?

    ResponderExcluir
  40. Sim, é possível a substituição do bem, mas isso deve ser tratado com a financeira. A Seguradora só é responsável pelo valor referente ao veículo e não pelo financiamento e para que a indenização seja paga será necessária a baixa do gravame.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certo! Eu poderia então ir na loja e escolher outro carro, apartir daí passar os dados para a financeira e eles autorizarem a compra? Ai continuo pagando o mesmo valor de parcelas referente ao carro que deu sinistro se for o mesmo valor?

      Excluir
    2. Certo! Então eu poderia ir numa loja ou concessionaria e escolher outro carro de mesmo valor e passar os dados desse veiculo para a financeira. Eles autorizam a compra e eu continuo pagando o mesmo valor de prestação do carro que foi sinistrado?

      Excluir
    3. Esse processo vc deve verificar e acertar diretamente com a financeira.

      Excluir
    4. Anônimo8:31 AM

      Uma dúvida Luma Seguros!
      Se a seguradora é responsável somente pelo carro, nos casos de furto ou perda total, porque a seguradora não compra o carro para o cliente é o cliente resolve com sua financeira? igual você disse o seguro é do cliente não da financeira. Nesse caso, a seguradora compra o carro para o cliente e o cliente se "vira" com a financeira? não entendi o motivo da seguradora ser obrigada quitar uma dívida minha! A seguradora entregando o novo carro, o cliente vai informar a sua financeira e continuar pagando o carro para a financeira. Simples assim!

      Excluir
  41. Anônimo9:40 AM

    Tenho um carro financiado, bati num carro onde o mesmo tinha seguro estava errado e assumiu usando a apolice dele para arrumar o meu carro que corre o risco de dar PT, neste caso a seguradora vai depositar o valor da FIPE na minha conta ? ou vai entrar em contato com a financiadora ? Posso usar o valor para comprar outro carro e continuar pagando as parcelas normalmente ? Poderia me esclarecer ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A seguradora se responsabilizará pelo favor a que o segurado for civilmente responsável até o limite da importância segurada contratada para essa cobertura.

      Excluir
  42. Anônimo10:02 PM

    Boa noite..tenho um peugeot 207 2011..bati com ele...e me parece que vai dar perda total...a pergunta é a seguinte...dei 15.000 de entrada e ja paguei de 48..16 parcelas de 590,00;;qdo comprei custava 35.000 agora pela fipe tá 24.180,00..absurdo..não compro mais carro zero..meu seguro é de 110%..,é possível...me darem outro carro do mesmo vlr de quando comprei e continuar pagando as parcelas..ou não existe essa possibilidade!?, é quero saber se aquele desconto de quando se quita um carro...no caso da seguradora,,esta diferença vem pra mim?(o desconto),,,e realmente a finaceira tem por lei abater os juros da parcelas seguintes? obrigado desde ja

    ResponderExcluir
  43. Conforme as respostas anteriores a seguradora só se responsabilidade sobre o valor do veículo, no caso valor da Fipe + 10% e somente faz a indenização mediante a baixa do gravame e transferência do veiculo para a mesma. Os detalhes do financiamento e saldo devedor dependem do contrato e do tipo de financiamento.

    ResponderExcluir
  44. Comprei um carro no fim do ano passado, e pela situação que eu me encontrava só pude pagar o seguro da empresa Ituran, faz um tempo cancelei o seguro e continuei a pagar o rastreador. Semana passada meu carro foi roubado da minha garagem e já faz uma semana que o seguro não passa para a polícia o local do carro e quando a gente liga para eles, é sempre a mesma história, eles falam que estão fazendo a varredura no local mas não estão, pois consegui que um amigo policial entrasse em contato com a Ituran e eles só passaram o bairro que estava o sinal do carro, e quando eles falaram que estavam circulando no local, fui lá verificar e não tinha nenhuma autoridade no local, ainda faltam R$19.000,00 para concluir o pagamento do carro, e não recebi nenhum centavo da seguradora, e fiquei sabendo que o dono dessa seguradora tem um histórico errado... O que devo fazer???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Leonardo, se entendemos bem, você cancelou o seguro e continuou pagando somente o rstreador. Neste caso, infelizmente, nao ha' nada a receber da seguradora e a Ituran é responsável somente pelo monitoramento e não garante a localização. O produto Ituran com Seguro opera com duas seguradoras (Cardif e Mapfre) que são as empresas que emitem a apólice e garantem a indenização caso o seguro esteja vigente e em dia. As duas são multinacionais (não tem um só dono).

      Excluir
  45. Comprei um carro no fim do ano passado, e pela situação que eu me encontrava só pude pagar o seguro da empresa Ituran, faz um tempo cancelei o seguro e continuei a pagar o rastreador. Semana passada meu carro foi roubado da minha garagem e já faz uma semana que o seguro não passa para a polícia o local do carro e quando a gente liga para eles, é sempre a mesma história, eles falam que estão fazendo a varredura no local mas não estão, pois consegui que um amigo policial entrasse em contato com a Ituran e eles só passaram o bairro que estava o sinal do carro, e quando eles falaram que estavam circulando no local, fui lá verificar e não tinha nenhuma autoridade no local, ainda faltam R$19.000,00 para concluir o pagamento do carro, e não recebi nenhum centavo da seguradora, e fiquei sabendo que o dono dessa seguradora tem um histórico errado... O que devo fazer???

    ResponderExcluir
  46. Lembramos que é muito importante só contratar seguros com corretores legamente habilitados. Este é profissional pode e deve lhe orientar sobre sobre todas as coberturas, seus direitos e deveres como segurado. Não orientamos que seguros sejam contratados em bancos, agências de correio, lojas de departamentos, supermercados etc.

    ResponderExcluir
  47. Anônimo1:46 PM

    Boa tarde. Meu carro esta a mais de 100 dias em uma oficina credenciada a meu seguro. Segundo a oficina, meu seguro esta devendo a oficina deles e eles não vão liberar meu veículo enquanto o seguro não quitar todas as dividas anteriores a meu veículo. O que faço? Meu seguro me disponibilizou um carro reserva sem nenhum onus, mas eu quero meu carro de volta. Eles prometem que vão resolver, mas não cumprem com as promessas. A divida com a oficina passa dos 100.000,00 e segundo o dono da oficina nem com a policia ele libera meu veículo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Você tem realmente um seguro? Qual o nome da Seguradora? (só seguradoras estão credenciadas a emitir apólices de seguro). Se você possui uma apólice emitida por uma seguradora pode procurar ajuda e orientação através da Susep (acesse: http://www.susep.gov.br/fale-conosco. Se seu "seguro" for de uma associação ou cooperativa infelizmente você não está amparado pela legislação. Quanto ao seu veículo, isso pode ser considerado apropriação indébita. Faça um BO e procure seus direitos.

      Excluir
  48. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  49. Anônimo11:39 AM

    Minha seguradora é a Generali Seguros. Já fiz o BO. Mas eu terei que ter gastos com advogado para resolver minha situação. E segundo o dono da oficina, se eu conseguir uma liminar para tirar meu carro da oficina dele, ele até entrega meu carro, mas ele o devolve todo amassado! Absurdo né! Ele disse que enquanto a seguradora não quitar todos os débitos não tem conversa. Ele me deu a opção para eu pagar o conserto e depois tentar receber da minha seguradora. Mas o conserto ficou mais de 11.000,00 e eu não tenho esse dinheiro. Enquanto isto meu carro fica na oficina dele. Ele esta usando meu carro como garantia de recebimento da divida dele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente isso é realmente um caso de polícia. E a única alternativa parece ser mesmo o meio judicial. Mas entre em contato com a SUSEP (http://www.susep.gov.br/fale-conosc) ou com o SINCOR de seu estado.
      Uma duvida: O que seu corretor diz sobre isso? Que atitudes ele ja tomou?

      Excluir
  50. Anônimo1:25 PM

    A unica atitude que o corretor tomou foi em locar um carro na Localiza em nome da Generali Seguros, sem nenhum custo, até que o problema seja resolvido.

    ResponderExcluir
  51. Anônimo3:44 PM

    Boa tarde, Comprei um carro de outra pessoa, paguei o carro e ele me passou o DUT, porém o carro esta no nome do banco, solicitamos a quitação de debito e o banco só poderá emitir dentro de 15 dias a notificação de compra, porém já fiz o seguro do carro caso aconteça algo com o carro eu estou assegurada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mas caso ocorra um sinistro com perda total, a seguradora irá aguardar primeiro a quitação e a baixa do gravame.

      Excluir
    2. Anônimo3:53 PM

      Esta quitado e a seguradora ficou de entregar a NOtificação de compra.
      Meu medo é caso alguma coisa aconteça antes do carro ser passado para o meu nome.

      Excluir
    3. Se possui a documentação de compra e da quitação não há problema.

      Excluir
    4. Anônimo4:04 PM

      Obrigada pelos esclarecimentos.

      Excluir
  52. sou terceira de um segurado,e meu carro deu pt,a seguradora solicitou os documentos,e inclusive um documento no qual eu transfiro o o carro para o nome deles,e depois eles me indenizam,esse procedimento esta correto? e se eles nao me pagarem,o carro ja vai esta nome deles...me ajude por favor....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, esse é procedimento padrao.

      Excluir
  53. Anônimo8:04 PM

    Boa noite. Meu nome é Rafael e estou com uma duvida que nao me deixa dormir. Tinha um novo uno financiado em 60 vezes, e infelizmente meu carro foi furtado. Tenho seguro Bradesco, mas tenho mts duvidas com relação ao sinistro. O valor total financiado foi r$46,536.00. Das 60 parcelas paguei somente 19, ficando um debito ainda de r$31,799. Vcs poderiam me informar ou me direcionar como funciona o sinistro nesse caso? Pelo que eu li no blog, com casos parecidos, eu neste caso, vou sair no prejuízo? Já q o valor do carro pela tabela fipe é menor que a divida?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente seu temor faz sentido. O seguro é responsável somente pelo valor do veículo e não da sua dívida. A seguradora indenizará somente e no máximo o valor fixado na apólice.

      Excluir
  54. Olá! Tive meu carro furtado ele estava financiado por cdc. Me perguntaram se quero a quitação do financiamento ou a substituição do bem / transferencia de garantia. Nao ficou muito clara a diferença entre os dois. Podem me ajudar? Se eu optar pela substituição do bem a indeninzacao do seguro sera paga direto pra mim? Sou obrigada a pegar um carro da mesma marca do veiculo sinistrado?

    ResponderExcluir
  55. Olá!
    Tive meu carro furtado. Ele era financiado por cdc.
    Me deram duas opções ou a quitação do financiamento ou a substituição do bem /garantia.
    Nao ficou muito claro a diferença dos dois.
    Se optar pela substituição do bem o dinheiro sera depositado pra mim e continuo pagando as parcelas do carro sinistrado? Tenho obrigatoriamente que pegar um carro da mesma marca do carro furtado?

    ResponderExcluir
  56. Olá! Tive meu carro furtado ele estava financiado por cdc. Me perguntaram se quero a quitação do financiamento ou a substituição do bem / transferencia de garantia. Nao ficou muito clara a diferença entre os dois. Podem me ajudar? Se eu optar pela substituição do bem a indeninzacao do seguro sera paga direto pra mim? Sou obrigada a pegar um carro da mesma marca do veiculo sinistrado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No caso do cliente nao optar pela substituicao a seguradora fara a quitação do financiamento e se houver sobra o restante será pago ao cliente. ( A seguradora é reponsável somente pelo valor do veículo e nao do financiamento). Noe que se o saldo devedor for maior que o valor do veículo, o cliente deverá pagar a diferença. No caso de substituição do bem, outro veículo deverá ser comprado para garantir o financiamento, o dinheiro utilizado para esta compra é a indenizaçAo do seguro.

      Excluir
  57. Anônimo7:18 PM

    Ola pessoal podem me ajudar!!!!
    Comprei um veiculo zero pagamento a vista e fiz o seguro do veículo, na apolice do veículo consta veiculo alienado. Qual o procedimento que devo fazer pois falei com o corretor e ele falou que não tem problema algum.!
    Agradeço a quem puder me ajudar

    ResponderExcluir
  58. Ola pessoal podem me ajudar!!!!
    Comprei um veiculo zero pagamento a vista e fiz o seguro do veículo, na apolice do veículo consta veiculo alienado. Qual o procedimento que devo fazer pois falei com o corretor e ele falou que não tem problema algum.!
    Agradeço a quem puder me ajudar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Solicite ao seu corretor que faça um endosso de correção na apólice. Nao deverá haver custo algum e é necessário para que as informações da apólice fiquem corretas.

      Excluir
  59. Anônimo10:29 AM

    Bom dia,

    Meu carro colide com carro de terceiro que tem perda total, esse é financiado através de leasing. Minha seguradora paga a indenização, mesmo assim a financeira do terceiro cobra um saldo devedor, pois o valor da indenização não foi suficiente para quitar todo saldo devedor.
    Meu seguro cobre esse saldo? Haja vista que houve um prejuízo financeiro a terceiro.

    Danos a terceiro: R$ 30.000,00 (valor da apólice)
    Valor da Indenização: R$ 19.194,00
    Saldo devedor cobrado a terceiro: R$ 2.231,67

    ResponderExcluir
  60. Sim, o seu seguro cobre, até o limite contratado, os prejuízos de terceiros causados pelo seu veículo desde que o sinistro seja de sua responsabilidade. Contate seu corretor.

    ResponderExcluir
  61. Bom dia, sobre a informação do texto acima, gostaria apenas de saber a fonte, tendo em vista que uilizarei tal argumento em uma ação contra seguradora e financeira. No meu caso adquiri um veículo por 23 mil e após o pagamento de algumas parcelas não tive mais condições de adimpli-las pelas altas taxas cobradas pela financeira, ingressei com uma ação de revisão de cláusulas e após algum tempo a financeira me enviou uma carta/acordo para em quitar meu veículo por R$ 5.359,51, entretanto, antes de quitar o veículo colidi com este o que lhe acarretou perda total. A seguradora ficou com o veículo e repassou todo o valor do seguro, que pela tabela fipe a época estava em R$ 17.803,20, me informaram apenas que este era o procedimento, porém, não sei se a seguradora mandou carta para o banco, se este retirou os juros. Para a minha surpresa o banco hoje me cobra 8.994,00 da diferença, que somados é superior ao valor original do veículo. Pelas suas informações a seguradora deveria contactar o banco, saber o saldo remanescente sem juros, no meu caso, quitar o acordo e me devolver a diferença que seria de R$ 12.443,69. Hoje meu nome foi inserido no SPC. Caso eu tenha interpretado da forma correta, apenas gostaria de saber qual a legislação o Senhor encontrou tal fundamentação.
    Ps. meu financiamento é por leasing.

    Att. Mariângela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A fonte da matéria é Jornal GAZETA DO POVO Data: 25/08/2005

      Excluir
  62. Tive PT em um carro de consórcio de somente 7 meses de uso, o seguro deve cobrir o valor correspondente apenas ao carro? Ou deve cobrir também o valor da taxa da administração do consórcio, visto que eu somente fiz seguro do carro e não de taxa de administração de consórcio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A seguradora é responsável somente pelo valor do veículo.

      Excluir
  63. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  64. Ola, sofri um acidente de moto e o veiculo deu PT, o mesmo e financiado(CDC), gostaria de saber se ha algum tipo de seguro embutido no valor do financiamento, ja que faltavam apenas 9 parcelas e estao sendo pagas... se ha algum tipo de seguro como devo agir. grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Nao há como sabermos se há algum seguro em seu financiamento. Contate a financeira.

      Excluir
  65. Bom dia , queria adquirir algumas informações se possivel, Dei entrada no meu veiculo de 23.000 , e ja paguei mais esse valor de 6.756 em parcelas. O valor do carro era 38.000 , mais ainda falta 20.268 para a quitação do veiculo.
    A seguradora vai entrar em contato com a financiadora para abater o juros se eu entendi certo pelo que eu li aqui anteriormente ? Se a financiadora tirar o juros do veiculo eles vão me devolver o valor sem o juros ou o valor com o juros do que sobrar ? Sendo que o veiculo agora na tabela fipe vale 33.650
    E eu não tenho a opção de pegar outro veiculo no mesmo valor da tabela fipe e continuar pagando essas parcelas ? Não seria a mesma coisa de meu veiculo estar quitado eles não teriam que me dar esse valor ? isso pode variar de seguradora para seguradora ?

    att. Bruno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem faz o contato com a financeira e solicita a carta de saldo devedor é o próprio segurado. A seguradora fará a quitação do saldo e o restante será pago ao segurado. As questões sobre abatimento de juros e possibilidade de substituição do bem no financiamento devem ser feitas diretamente entre o segurado e a financeira.

      Excluir
  66. Anônimo12:51 PM

    Tenho um fiesta sedan que capotei e deu perca total isso foi em 2010 na epoca tinha sido pagas 12 parcelas de 713,00 dai então parei de pagar e agora quero regularizar essa situação não tinha seguro mas será que a financeira tinha como posso saber

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só possível saber entrando em contato com sua financeira.

      Excluir
  67. queria saber tenho um carro,sofri um acidente porém não tenho seguro,mas o causador do acidente sim ate comprovado por pericia da policia civil ja paguei 23 parcelas num total 13,650 meu veiculo deu perda total o saldo devedor e de 15,100 meu carro foi avaliado por 17,300.. o que tenho direito???so a quitaçao e difernça como reembolso??ou parcelas que paguei tenho direito a algo???fianciamento CDC en dias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A seguradora deverá os danos materiais do terceiro até o limite de cobertura contratada na apólice do segurado. Portanto deve indenizar o valor de mercado do veículo.

      Excluir
  68. Anônimo10:40 PM

    Comprei uma prisma 2011, usado e dei de entrada um Peugeot 206, 2007. Na compra fiz a transferência do seguro de um carro para o outro. Quando a revenda entregou o carro, não havia sido feita a vistoria, foi então marcada para uma terça-feira. Entretanto, na segunda-feira o carro foi roubado. Resultado, a seguradora negou-se a pagar o seguro porque havia um gravame no automóvel, estava alienado. Somente efetuaria o pagamento se a financeira retirasse o gravame e a financeira só retiraria o gravame se a seguradora quitasse a dívida. Quitei a dívida com a financeira na esperança de resolver o problema. Entretanto,a financeira não retira o gravame( Alienação fiduciária ), mesmo tendo emitido a carta de quitação do veículo, e a seguradora não paga o seguro . O que fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É preciso analizar melhor o caso e talvez a solução realmente só seja encontrada na junstiça. A segurado se comprometeu a pagar o sinistro por escrito? Porque normalmente, sem a vistoria, o carro não tem cobertura.

      Excluir